Sobre

Sobre

Fundado em 1984 por seu sócio Durvalino Picolo, vem atuando de forma diversificada, especializando-se em operações multidisciplinares, exigência do direito empresarial.

Desde a formação, o escritório prima pelo respeito, honestidade e capacitação técnica, adquirindo conhecimento em todas as áreas do interesse de seus clientes, aprimorando a prestação de serviços de assessoria e consultoria jurídica, tendo por meta a contínua atualização de sua equipe, de molde a propiciar segurança em todos os procedimentos na área do Direito.

O escritório mantém correspondentes localizados em todos os Estados brasileiros e em outros países, permitindo a rápida atuação em diferentes localidades, com o mesmo nível de qualidade.

Sua estrutura está equipada e capacitada para fazer frente à complexidade das transações e necessidades jurídicas, antecipando-se aos problemas e atuando como parceiro de seus clientes ao buscar oportunidades de negócios no cenário atual.

É membro da Câmara Portuguesa de Comércio.

O escritório atua em favor de diversos clientes situados em todo território nacional e, em países como Espanha, Portugal, Austrália e Estados Unidos da América do Norte. Clientes estes relacionados aos mais diversos ramos de negócios, dentre os quais consultoria empresarial, indústria e comércio em geral, transportadoras, telemarketing, associações de classe, metalurgia, industrialização e distribuição de gases, exportação de grãos, fabricação de óleo de soja, prestadoras de serviços e empresas de importação e fabricação de máquinas e equipamentos.

Sócios

DURVALINO PICOLO

Advogado inscrito na OAB/SP n. 75.588
picolo@picoloadvogados.com.br

ANGELO ANTONIO PICOLO

Advogado inscrito na OAB/SP n. 182.375.
angelo.picolo@picoloadvogados.com.br


Blog

O NEGÓCIO JURÍDICO PROCESSUAL COMO FORMA DE AGILIZAR O PROCEDIMENTO JUDICIAL

O Novo Código de Processo Civil dispõe em seu artigo 6º que todos os sujeitos do processo devem cooperar entre si para que se obtenha, em tempo razoável, decisão de mérito justa e efetiva. Este dever de cooperar está relacionado ao princípio da cooperação, sendo que cooperar é agir de boa-fé no interesse de todos. […]

0 comments

Desconsideração da Personalidade Jurídica e Responsabilização dos Sócios

Em recente decisão, a 14ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo deu parcial provimento a recurso para reconhecer a ilegitimidade passiva de dois sócios de empresa em processo de execução. A decisão julgou, ainda, extinto o feito contra ambos, o qual deve prosseguir contra as filiais no limite do capital […]

0 comments
 
 

Registro de Marcas

A IMPORTÂNCIA DO CORRETO DESENVOLVIMENTO E REGISTRO DE UMA MARCA Muitas vezes, percebemos que o empreendedor se preocupa em desenvolver sua identidade, criando marca, logotipo e todo material de identificação visual, porém, sem qualquer preocupação quanto à possibilidade de registro exclusivo ou não da marca desenvolvida e sua devida proteção no território nacional. Um exemplo […]

0 comments

Contratos firmados em caráter de emergência

A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E OS CONTRATOS FIRMADOS EM CARÁTER DE EMERGÊNCIA Na contratação das entidades prestadores de serviços de saúde, se faz necessário observar as normas constantes na Lei n. 8.666/93, em especial artigo 2º que determina à Administração Pública a obrigatoriedade de promover certames licitatórios sempre que necessitar contratar serviços ou adquirir bens. Em […]

0 comments

Contato

Contato

(11) 5543-8841
R. Vieira de Morais, 1713 – 6º Andar – Campo Belo
04617-015 – São Paulo – SP